Canto do Inácio

Monday, July 13, 2009

DIMENSÃO DA GUERRA SURGE EM "PECADOS"
INÁCIO ARAUJO


Se o realizador de "Procedimento Operacional Padrão" (que passa na Mostra de São Paulo deste ano) tivesse visto - ou levado a sério - "Pecados de Guerra" perceberia que o crime de tortura, cometido na Guerra do Iraque e em que se detém, não é o verdadeiro crime.

O crime é a guerra em si. De certa forma, o documentário recente quer até desenvolver esse ponto de vista: acima dos envolvidos na tortura está o Estado Maior e acima dele, ainda, a Casa Branca e a guerra com sua insânia.

O curioso é que tudo isso está em "Pecados de Guerra", que tem no centro um soldado que se recusa a violentar e matar uma jovem vietnamita, ao contrário de seus outros quatro companheiros. Pode parecer que "Pecados" individualiza a questão. Não é bem assim: ele apenas faz o caminho inverso, da guerra e da Casa Branca até chegar aos soldados criminosos. A questão não é apagar os pecados, é dar-lhes a dimensão devida.

(texto publicado na Folha de S. Paulo do dia 22 de outubro de 2008)

4 Comments:

  • thoreau já se recusava a pagar parte de seus impostos justamente para evitar o financiamento da guerra. tem também a mocinha de stranger than fiction, que deduz, pessoalmente, de seus impostos a porcentagem que considera ser do orçamento das forças armadas.

    By OpenID gilvas, at 10:38 AM  

  • Vi o filme numa dessas noites insones no intercine, e posso dizer que não me impressionou muito.

    By Blogger allegro non troppo, at 11:02 AM  

  • Diego, com a estreia de INIMIGOS PUBLICOS, você podia tentar uma série de artigos do Inácio sobre filmes do Michael Mann. Abraços!

    By Blogger Marcelo Miranda, at 8:20 AM  

  • Boa sugestão, Marcelo. Vou ver o que consigo achar. Abraço.

    By Blogger Diego Assunção, at 8:42 AM  

Post a Comment

<< Home