Canto do Inácio

Wednesday, December 13, 2006

DÁLIA NEGRA
INÁCIO ARAUJO

Filme desprezado. O público acha que o roteiro é confuso. Isso porque as pessoas não viram "The Big Sleep". Há quem ache a Scarlett Johansson um maneirismo só. Isso porque não conheceram Lana Turner, que é o modelo dela no filme. E há quem não veja encanto em certas cenas. A mim, ao contrário, aquela grua que passa sobre o prédio para encontrar um cadáver no fundo é espetacular (e não um preciosismo à toa). A cena da morte no alto da escada, é soberba.

Me parece que Brian de Palma trabalha muito bem essa passagem de um cinema verdadeiro, crível (o clássico), ao cinema contemporâneo. Tem de buscar a verdade na insânia, não mais no código. Beleza.

8 Comments:

  • concordo em gênero, número e grau, De Palma faz um cinema onde a narrativa guarda mais de suas influências do que o próprio roteiro. A cena da grua entra no rol das famosas cenas da carreira de Brian De Palma

    By Blogger Museu do Cinema, at 3:51 AM  

  • Pois achei que a grua é um preciosismo à toa. O filme todo o é.

    By Blogger Quintans, at 7:01 AM  

  • Tive a mesma impressão do Inácio, até comentei sobre isso no blog 15 Minutos.

    By Blogger Ivan, at 8:22 AM  

  • Grande Inácio,

    Sua chegada à blogosfera é uma bela notícia. Vou virar habituée.

    Abraços
    Ryff

    By Anonymous Anonymous, at 6:26 PM  

  • Concordo: Dália Negra é belo em vários sentidos...

    By Anonymous Jaqueline, at 12:21 PM  

  • Grande Ryff,

    quanto tempo!

    que nos encontremos ao menos na blogosfera, não é?

    abraço grande,

    Inácio

    By Anonymous Anonymous, at 6:32 PM  

  • Mestre Inácio,
    o diacho do exílio é o constante atraso com que nos chegam as boas novas da patriamada (as desgraças aportam instantaneamente).
    Somente hoje, relendo notinhas passadas no blog do Calil, soube da sua página (nada a estranhar, só descobri o Reduto do Comodoro meses e meses após seu nascimento). Salvação da lavoura, já que, na Folha, teus textos andam mais raros que boto cor-de-rosa. Bom, escrevi mais para dar um abração mesmo.
    Pra não fugir totalmente do tema dos comentários: no filme do De Palma, do qual gosto menos que vc, o que me incomoda são as personagens, que não me dizem quase nada (a não ser a de la Scarlett, mas aí o que ela diz é impublicável). É fato, o roteiro de Big Sleep é uma tremenda confusão (e gerou aquela, falsa, história sobre o carro, o Faulkner e o Chandler). Mas, como todo bom noir, tem personagens que parecem ter mais vida até que sua platéia. Os de Dália Negra, mais que mortos, me cheiravam natimortos.
    Abração,
    Mug

    By Blogger Mug, at 9:46 AM  

  • GRAN MUG,

    que saudade! devo dizer que neste ano nem teus pais eu consegui encontrar.
    na verdade, até eu demorei para descobrir este blog, que foi criado pelo Diego.
    então, agora aproveito para mandar umas notas, que é também uma maneira de conversar um pouco com os amigos.

    Abraço muito grande e bom trabalho aí.

    Inácio

    By Anonymous Inácio, at 6:25 AM  

Post a Comment

<< Home