Canto do Inácio

Thursday, February 19, 2009

IRMÃOS MARX DESAFIAM ROTINA DOS SENTIDOS
INÁCIO ARAUJO


Durante o Maio de 68 em Paris, alguém escreveu numa parede: "Sou marxista, tendência Grouxo". Então estava tudo claro: havia os stalinistas, os maoístas e os grouxistas. Os dois primeiros grupos disputavam o poder. O último lutava para desarmá-lo.

Não para derrotá-lo, porque é impossível, mas para deixá-lo desconcertado. Assim era com os irmãos Marx, sobretudo seu trio central, Grouxo, Harpo e Chico. Em cada movimento, em cada frase, eles tocam um lado inesperado das coisas, desafiam a rotina dos sentidos e do raciocínio.

Em "O Diabo a Quatro", Rufus T. Firefly (Grouxo) se torna alto mandatário da Freedonia, um paiseco, graças à sua benfeitora, Margaret Dumont.A ela, aliás, dedicará uma das réplicas antológicas do filme ("Vamos defender a honra desta mulher. Já que ela mesmo não o faz"). O resto, nesta comédia de Leo McCarey (um baita reaça, aliás), é completa anarquia.

(texto publicado na Folha de S. Paulo do dia 19 de fevereiro de 2009)

2 Comments:

  • Não deve ter imagem mais surreal que a aquela cara do Harpo... parece um misto de todos os Trapalhões num só.

    By Blogger Andre de Paula Eduardo, at 11:25 AM  

  • Genial,Inacio.É como disse o Millor:O homem atingirá a sabedoria total no dia em que for totalmente marxista-40% de Groucho,30% de Chico,20% de Harpo e 10% de Karl.

    By Blogger jose, at 12:31 PM  

Post a Comment

<< Home