Canto do Inácio

Tuesday, March 17, 2009

"TROPA DE ELITE" É UM FILME INGÊNUO
INÁCIO ARAUJO

Ok, aceitemos que "Tropa de Elite" não é fascista. Mas, em vários aspectos, é um filme ingênuo, para usar a terminologia cara ao pessoal da Atlântida.

O mais claro deles é, sem dúvida, o papel de Michel Foucault nessa história, introduzido como assunto principal numa aula de uma universidade carioca. A ideia do filme é simples: a teoria não passa de alienação, pois produzida nos gabinetes e difundida entre estudantes alienados (cada vez mais alienados, devido aos ensinamentos). O único estudante a saber o que se passa na realidade é o jovem policial negro. Porque ele sobe no morro, leva tiro e tal e coisa.

Digamos que as teorias de Foucault não se apliquem aos criminosos do Rio de Janeiro. Ainda assim, será preciso que outra teoria a substitua e permita enfim compreender o que se passa nesse território de droga, pobreza, religião, funk, corrupção etc. Pois por mais que se enalteça o papel da prática, ela nunca surge do nada.

Ora, quando falou à TV, o diretor José Padilha teorizou longamente sobre polícia e crime. Quase não falou de cinema, que também precisa de ideias. Uma delas: em cinema não existe sangue, existe vermelho (Jean-Luc Godard). Em "Tropa de Elite" há muito mais sangue que vermelho. Por isso é um fenômeno sociológico, nunca será um grande filme.

(texto publicado na Folha de S. Paulo do dia 08 de março de 2009)

3 Comments:

  • O padilha sempre me pareceu ingênuo, pelo menos em suas entrevistas. Muito parecido com outro golden boy de nosso cinema, o fernando meirelles.

    Outro que anda pintando e bordando é o daniel filho, tentando se justificar intelectualmente: e dá-lhe howard hawks, comédias italianas e o escambau

    By Blogger allegro non troppo, at 12:24 PM  

  • à época do lançamento, o Padilha falou sobre polícia e crime por que só lhe perguntavam sobre isso nas entrevistas. Faz parte da mania de brasileiro achar que cineasta, cantor de MPB, sambista, escritor, etc., tem que ser também sociólogo com consciência social e o escambau. Por isso os debates aqui seguem semore o mesmo e entediante percurso.

    By Blogger Lorde David, at 4:55 PM  

  • A única coisa que o Padilha sempre fez questão de falar em relação ao cinema foi da pirataria, o que é uma lástima.

    By Blogger Leonardo Bomfim, at 3:41 AM  

Post a Comment

<< Home