Canto do Inácio

Friday, August 24, 2007

OLHAR SOBRE VAN GOGH
INÁCIO ARAUJO

O título "Van Gogh - Vida e Obra de um Gênio" não deixa muita margem de dúvida quanto ao assunto desse filme de Maurice Pialat.

Na verdade, Pialat preocupa-se tanto em reconstituir a trajetória do pintor holandês -sobretudo seu relacionamento com Theo, seu irmão - quanto em reencontrar a luz, os tons, as intensidades dos quadros de Van Gogh.

Sua "démarche" é discreta - às vezes até demais -, como se tentasse se ocultar atrás de seu objeto. Há ocasiões em que o próprio filme acaba se apagando. Não aqui: Van Gogh parece transferir seu brilho ao filme. Brilho que convive com a dúvida martirizante do artista sobre o valor de sua arte (martírio que Pialat parece compartilhar).

(texto publicado na Folha de S. Paulo do dia 26 de fevereiro de 1999)

2 Comments:

  • Eu entendi com mais clareza o ponto de vista do Pialat depois que li o "Van Gogh, o suicidado da sociedade", do Artaud - a maneira negativa que o Pialat retrata o sr. Gachet, por exemplo, ficou bem mais compreensível pra mim. Como foi um texto bastante lido, imagono que deva ter servido de inspiração, apesar de nunca ter visto declarações do Pialat nesse sentido (lembrar de perguntar ao Filipe).
    O filme é bonito pacas, mas talvez fosse tão ou mais importante que os nossos jovens amigos cinéfilos e críticos lessem o Artaud. Na virada da década de 40 pra de 50, o francês maluco já escrevia textos críticos mais vivos e menos caretas do que a gente costuma ler de gente com menos de 30 anos hoje em dia

    By Anonymous daniel, at 12:39 PM  

  • Diego

    Vc poderia postar a critica do Inácio acerca do filme "Mary"(Abel Ferrara) publicada na folha no dia 16/04/2007.

    By Anonymous Anonymous, at 5:29 AM  

Post a Comment

<< Home